Na Mídia

Notícias

Solenidade homenageia Peritos Papiloscopistas

Em comemoração ao “Dia do Perito Papiloscopista”, a ASBRAPP realiza cerimônia em homenagem aos profissionais no auditório da Polícia Civil. Convidados ilustres participaram do evento.

 

 

Na última quarta-feira (21), a Associação Brasiliense de Peritos Papiloscopistas realizou uma solenidade para a categoria. O evento foi realizado no auditório da Direção Geral da Polícia Civil e contou com diversas autoridades do meio policial, políticas e instituições de classe. Já na sexta-feira (23), a associação preparou um churrasco, que foi realizado no clube da Agepol. Os eventos fizeram parte das comemorações ao Dia do Perito Papiloscopista, oficialmente comemorado no dia 5 de fevereiro.

Na solenidade foram entregues comendas (condecoração por serviços prestados) e Menção Honrosa aos homenageados. Receberam as honrarias peritos papiloscopistas, policiais de outras categorias, convidados e demais autoridades que contribuíram para a valorização da PCDF, sejam por emendas parlamentares para aquisição de equipamento, reforma da estrutura física do Instituto de Identificação; que é considerado um dos mais completos da América Latina, ou que tiveram atuação de destaque na instituição, tanto elaborando laudos, identificando autores de crimes, quanto nas demais atribuições do Instituto de Identificação.

De acordo com o presidente da Associação, Alceu Prestes de Mattos, os profissionais foram homenageados por tudo que fizeram pela sociedade durante os últimos anos. Foram pessoas das mais diversas categorias policiais e de outros segmentos. Entre eles se destaca o médico legista Jofran Frejat, que sempre lutou pela valorização do perito papiloscopista, bem como da instituição Polícia Civil, principalmente quando ocupou cargos políticos eletivos, aonde jamais abandonou suas raízes”, disse.

Alceu ainda frisou do comprometimento dos convidados com a instituição. “Agradeço a todos os componentes da mesa pelos serviços que os senhores prestaram para a categoria e porque não dizer para a Polícia Civil do Distrito Federal. Sendo considerados para todos nós, peças fundamentais no fortalecimento das demandas da polícia e da sociedade. Essa é apenas uma demonstração de agradecimento pelo comprometimento dos senhores durante todos esses anos. Temos a certeza de que esse comprometimento irá continuar”, falou. De resposta, Alceu recebeu o compromisso de todos na luta pelas reivindicações da categoria.

O deputado federal Rôney Nemer (PP), que sempre esteve caminhando lado a lado com a categoria, após agradecer pela homenagem, reafirmou o compromisso em continuar trabalhando pelo reconhecimento no rol das perícias oficiais de todos os papiloscopistas. “Não acho justo que profissional que tem a participação conclusiva na elaboração de laudos e elucidação de crimes, por meio da coleta e análises de impressões digitais e outros fragmentos, não seja considerado um perito. Assim, continuo na luta pelo reconhecimento dos papiloscopistas como peritos de fato e de direito”, disse.

A convicção do deputado foi acompanhada pelo colega de parlamento Laerte Bessa (PR). “O papiloscopista é o profissional responsável pela coleta, armazenamento e identificação de impressões digitais, sendo o seu trabalho de extrema importância, pois exige responsabilidade, sendo peça fundamental para conclusões de inquéritos, identificação de autores de crimes e expedições de mandados de prisão”, enfatizou.

Por sua vez o deputado Raimundo Ribeiro (PPS), além de parabenizar a categoria pela data ainda falou da necessidade do reconhecimento como peritos.  “Existe essa necessidade por já serem reconhecidos até internacionalmente pelo trabalho realizado. Quando há uma tragédia, por exemplo, a quem eles chamam para identificar as vítimas?", exemplificou.

Já o médico legista Jofran Frejat, ao agradecer a homenagem recebida enfocou a união entre as categorias da Polícia Civil. “Acho importante que eventos iguais a esse sejam realizados pela instituição, pois demonstra a união entre todos os policiais, que é a peça primordial para o bom desenvolvimento dos trabalhos da categoria em prol da sociedade. Assim, me sinto honrado de estar aqui nesta solenidade e ser homenageado pela nossa polícia que ajudei a fundar e sempre lutei pela sua valorização”, discursou.

Todos os parlamentares que fizeram uso da palavra assumiram o compromisso de continuar lutando pelas reivindicações da categoria, principalmente àqueles que são policiais civis. Foram os casos de Wellington Luiz (PMDB) e Cláudio Abrantes (sem partido) que, mais uma vez colocaram seus gabinetes a disposição da categoria.

Ainda fizeram parte da mesa de autoridades, o diretor do Departamento de Polícia Técnica e Perito Ccriminal - André Kluppel Carrara, que representou o Diretor Geral da PCDF – Eric Seba, o Diretor do Instituto de Identificação da PCDF - Arnaldo Fontenelle de Araújo Júnior, os deputados distritais Wasny de Roure (PT), Joe Vale (PDT) e Celina Leão (PPS), além da ex-deputada distrital Eliana Pedrosa, do delegado Geraldo Nugoli e da delegada da Polícia Federal - Dra. Creusa De Castro Camelier.

Além das autoridades políticas, policiais da ativa, aposentados e servidores administrativos e convidados de outros estados da federação foram homenageados. Muitos foram tomados pela emoção ao receberem suas honrarias. Foi o caso do policial Paulo César Lira Chagas (PC), que fez um discurso emocionante. “A maior felicidade de fazer parte dessa família chamada Polícia Civil é a ser lembrando em diversas ocasiões. A Asbrapp está fazendo um excelente trabalho. Essa homenagem significa tudo isto. Estou muito feliz em ser lembrando pelos meus amigos peritos papiloscopistas”, disse.

Outro momento emocionante foi a homenagem póstuma proferia ao Agente Penitenciário, Flávio Viana de Castro, falecido em 2014, quando seu pai, policial civil aposentado e o seu irmão, policial militar, receberam a honraria em seu nome ao som da música “silencio”.

Representando o Instituto de Identificação do estado de Pernambuco, o perito papiloscopista Nilson Alves de Oliveira, foi um dos homenageados e fez questão de vir a Brasília receber a honraria. Em seu pronunciamento ele disse da satisfação em estar no DF sendo homenageado e que aquele momento se deve ao excelente trabalho realizado pela instituição da capital federal junto a Polícia Civil de Pernambuco. “Se hoje somos considerados peritos papiloscopistas, agradecemos à Polícia Civil do DF na pessoa do professor Alceu, pois, foi ele quem implantou novas técnicas de atuação em nosso estado e nos levou a ser considerados peritos de fato e de direito. Se existe uma polícia técnica de identificação no estado do Pernambuco, temos que agradecer sem qualquer restrição a esse professor que muito contribuiu para a nossa polícia.

Foram homenageados os peritos papiloscopistas da ativa: Arnaldo Fontinele de Araújo Júnior -  Diretor do Instituto de Identificação da PCDF, Bruna Ester Ferreira de Faria, Dalton da Rocha Souza, Francisco Fernandes de Freitas, Hilton de Assis de Oliveira, Louralber Gomes da Silva, Marcos Rodrigues Cruciol, Maria Madalena da Silva Reis, Paulo Roberto dos Reis Chagas, Robson Alexandre Machado e Rogério Monteiro de Oliveira.

Os aposentados foram: Adauto Coutinho Dutra, Ailton Francisco Ferreira, Eline Teixeira Lemos, Francisca de Maria do Nascimento Araújo, Gracilene Queiroz, José Adilson Ferreira Brandão, José Arnaldo Soares Monteiro, José de Barros Neto, Narley Jorge Alfaro, Neemias Chagas de Souza, Márcio Barbosa Ribeiro, Delma Pereira Paz e Nise Regina Fortuna Martins Rocha.

Servidores de carreira de apoio do Instituto de Identificação: Emilton Luiz de Oliveira Filho, José Maria Soares, Ana Maria Antônia da Cruz, José Aparecido Lacerda de Souza e Iracema Pereira de Oliveira de Souza.

Policiais civis de outras categorias homenageados foram: Flávio Viana de Castro – Agente Penitenciário – in memorian, Paulo César Lira Chagas (PC) – Agente de Polícia da PCDF, Francisca Bezerra Camelo – Escrivã da PCDF, Manuel Santos Ferraz – Delegado, Sandra Lobo de Aquino Moura e Silva – Presidente da Associação dos Aposentados da PCDF, Hugo de Sousa Silva – Presidente da Agepol, Antônio Tadeu Nicoletti – Perito Papiloscópico do Espirito Santo, Leonel Teodoro de Melo – Perito Papiloscopista do estado do Mato Grosso, - Nilson Alves de Oliveira – Perito Papiloscopista do estado do Pernambuco.

Ainda receberam a comenda o jornalista e apresentador de televisão Wagner Relâmpago e a ex-deputada distrital Eliana Maria Passos Pedrosa. 

 

Publicado em 27/05/2019

Image