Brasília, 17 de Outubro de 2018

    Cobrança ASBRAPP
    Postos de Identificação

    Congresso nos EUA tem participação de Perito Papiloscopista do DF

    Congresso nos EUA tem participação de Perito Papiloscopista do DF

     
    Foto - Arquivo Pessoal

     
    Único represente do Brasil no congresso, Perito Papiloscopista da PCDF impressiona profissionais do mundo inteiro ao apresentar pesquisa de novas abordagens em análise de impressões digitais 
     
    Rodrigo Meneses, Perito Papiloscopista da Polícia Civil do Distrito Federal e Secretário-geral-adjunto do Sinpol-DF, participou de um congresso realizado nos Estados Unidos sobre Identificação. O 103º IAI – International Forensic Educational Conference (Congresso Internacional de Identificação) aconteceu em San Antônio no estado do Texas, entre os dias 29 de julho e 4 de agosto. 
     
    Esta é a primeira vez que um policial civil da PCDF participa de um evento dessa natureza apresentando uma pesquisa. Vale ressaltar que Meneses foi o único representante brasileiro no evento. 
     
    Foto - Arquivo Pessoal
     
    O Congresso realizado pela The International Association for Identification é o maior evento mundial para profissionais de identificação, que é realizado anualmente em diferentes cidades dos EUA. Nesta edição ofereceu uma semana cheia de palestras científicas, técnicas e operacionais, bem como workshops práticos focados em uma ampla variedade de tópicos, que incluíram investigação e processamento da cena do crime, fotografia, a coleta e o exame de impressão latente, calçados e trilhas de pneus, evidência do padrão de manchas de sangue, biometria e muitos outros tipos de impressão e provas de identificação. Além disso, o objetivo do congresso foi reunir profissionais capacitados e experientes para educar, compartilhar, criticar e publicar métodos, técnicas e pesquisa nas disciplinas de ciências forenses físicas. 
     
    Por ser especialista em análise de impressões digitais, Rodrigo apresentou duas pesquisas desenvolvidas no doutorado em Nanociência e Nanobiotecnologia, métodos que cursa na Universidade de Brasília (UnB). 
     
    Foto - Arquivo Pessoal
     
    DAS PESQUISAS 
     
    A primeira pesquisa apresentada por Rodrigo trata-se da “Síntese verde de nanopartículas de prata para a revelação de impressões digitais latentes”, que consiste na investigação de produtos naturais da biodiversidade brasileira para a produção de nanopartículas de prata com o intuito de detectar impressões digitais em materiais e objetos encontrados em locais de crime. 
     
    Já a segunda, é a “Aplicação de Espuma de Sílica Mesocelular (MCF, na sigla em inglês) para análise de impressões digitais latentes”, que envolve a aplicação de nanomateriais de sílica para o tratamento de impressões digitais recolhidas em locais de crime, visando sua análise técnica para a finalidade da identificação humana. 
     
    O perito papiloscopistas afirma que os métodos irão contribuir para novas abordagens em análise de impressões digitais. “Essas técnicas estão sendo desenvolvidas, ainda, como pesquisa. O objetivo é que, após concluídas, elas possam ser incorporadas no Instituto de Identificação da PCDF”. 
     
    Ele destacou ainda da satisfação em ver reconhecido o trabalho do Instituto de Identificação da PCDF mundo afora, além de que a pesquisa apresentada por ele impressionou papiloscopistas de outros países. “Ainda que a nossa tecnologia seja menos sofisticada que de alguns países, as nossas análises, o trabalho bem feito e os números positivos chamam atenção mundo afora”, comemora. 
    De acordo com Rodrigo, a participação no congresso somente foi possível graças ao apoio recebido da Associação Brasiliense de Peritos Papiloscopistas (ASBRAPP), que deu suporte para a inscrição no evento e da Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP-DF), que ajudou nos custos de passagem e hospedagem. “Foi enriquecedor compartilhar conhecimento com pessoas de outros países que atuam profissionalmente na mesma ciência. Além, também, de poder desenferrujar o meu inglês”, brinca.
     
    Fonte - Ascom ASBRAPP

    Área do Associado

    Restrito ao Perito Papiloscopista

    Perguntar não ofende

    Boa tarde, como anda o projeto (sancionamento da lei) que torna o papiloscopista perito oficial, desde já agradeço a atenção

    Rogério Cardoso
    Image

    SIG - Quadra 01 lotes 495, 505 e 515 Salas 05, 06 e 07 - Edifício Barão do Rio Branco
    Brasília - DF

    (61) 3242-9522 / (61) 3244-6676/
    (61) 99989-6380

    asbrapp@asbrapp.org.br

    Site 7 Dias

    -