Governo e CLDF reconhecem a importância do Perito Papiloscopista

por Marcos Linhares/ASCOM/ASBRAPP

"Parecia uma reprise, só que com mais personagens", comentava um papiloscopista do Distrito Federal, ao término da Sessão Solene em homenagem ao dia do perito papiloscopista realizada na noite desta segunda-feira (6), na Câmara Legislativa do DF.

Dia do Papiloscopista 52

A Mesa da homenagem contou com a presença, além do proponente, deputado distrital Raimundo Ribeiro (PPS), da deputada distrital Celina Leão (PPS), do deputado federal Rôney Nemer (PMDB), da Secretária de Segurança Pública e Paz Social do DF, Marcia Alencar, do Diretor-Geral da Polícia Civil do Distrito Federal, Eric Seba, do Presidente do Sindicato dos Policias Civis do DF (SINPOL/DF), Rodrigo Fernandes Franco (o "gaúcho), do Presidente do Sindicato dos delegados de polícia Civil do DF (SINDEPO/DF), Rafael Sampaio, do Diretor do Instituto de Identificação do DF, Claudionor Batista, do Vice-Presidente da Federação Nacional dos Peritos Papiloscopistas (FENAPPI), Nilton Pfeifer, do representante da OAB/DF, Lairson Bueno, além do presidente da Associação Brasiliense de Peritos Papiloscopistas (ASBRAPP), Rodrigo Meneses.

Apesar de bem intencionada, todos os pronunciamentos das autoridades presentes seguiram o mesmo rumo da Sessão Solene realizada no ano passado, ou seja, os papiloscopistas ainda não foram, de direito, reconhecidos nas perícias oficiais de natureza criminal. Dessa forma, os papiloscopistas, responsáveis pela análise das impressões digitais nas investigações criminais, passariam a ser classificados como peritos papiloscopistas, nas mesmas condições dos peritos criminais, peritos médico-legistas e peritos odontolegistas, já reconhecidos.

Indicações

Raimundo Ribeiro fez questão, em sua fala, de enfatizar a necessidade de posicionamento da Secretária de Segurança Pública e Paz Social do DF, Marcia Alencar, bem como do Diretor-Geral da Polícia Civil do Distrito Federal, Eric Seba, em relação a Projetos de Indicação apresentados por ele, em 2015, ao Executivo relativos a questões que envolvem os papiloscopistas. Dentre eles, a Indicação 4779/2015 que propõe "corrigir um ato injusto com os servidores da carreira de Papiloscopista Policial, uma vez que, sem motivo justificável, foi suprimido do rol dos cargos aptos a ocupar o cargo de Diretor do Departamento de Polícia Técnica e Assessor do Departamento de Polícia Técnica".

Dia do Papiloscopista 29

Concursados

Outro tema que permeou a noite foi da necessidade urgente de convocação dos 124 peritos papiloscopistas concursados e já aptos para assumirem seus cargos. "Estamos em uma situação que exige que os problemas sejam resolvidos e que possamos outorgar a população o serviço que lhes é devido", afirmou o presidente da Asbrapp, Rodrigo Meneses que, aproveitou e agradeceu pela presença de vários concursados que esperam ser chamados e que compareceram à Sessão Solene.

Nemer

O deputado federal Rôney Nemer (PMDB), que tem estado ao lado da categoria, desde o ano passado, peregrinando pelo governo federal, reafirmou o compromisso em continuar trabalhando pelo reconhecimento da categoria no rol das perícias oficiais.

Promessas

A noite foi longa e marcada por discursos de reconhecimento da importância da categoria e de maior empenho pelo reconhecimento da parte das autoridades presentes.

"Continuaremos cobrando, pelo direito que é nosso e não vamos abrir mão de continuar procurando as autoridades para resolver a esse impasse que tanto nos atrapalha e ainda traz insegurança jurídica às investigações por fragilizar nosso laudos reconhecidamente técnicos e científicos", revelou o presidente da Asbrapp.

Certificados

Ao término, peritos aposentados, receberam certificados de reconhecimento pela qualidade dos serviços prestados.

Convênios